Norma ISO 7101 chega ao Brasil e estabelece padrões internacionais de qualidade para gestão no setor de saúde

Instituto Qualisa de Gestão (IQG) integra comitê e irá promover a adesão à norma no país

A norma ISO 7101:2023, que estabelece padrões internacionais de qualidade, chegou ao Brasil e está em processo de tradução na Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Destinada à toda a indústria da saúde, ela é a primeira e única normal de consenso e entendimento global para gestão de qualidade em saúde.

“Esse é um momento muito importante para o Brasil. As empresas que aderirem a ISO 7101 terão ganhos incalculáveis, pois sua implantação exige a participação e o endosso das lideranças para apoiar o desenvolvimento do sistema de qualidade, baseado numa abordagem de processos que envolve planejamento, gestão de riscos, monitorização, avaliação, ação corretiva e melhoria contínua”, destaca Mara Machado, CEO do Instituto Qualisa de Gestão (IQG).

Embora já existam certificações e acreditações renomadas, adotadas pelo setor no Brasil, muitas das normas relacionadas aos cuidados de saúde têm foco intencionalmente restrito por tipo ou configuração de serviços. Os exemplos incluem hospitais, laboratórios e clínicas de especialidades, entre outros. Embora esses programas sejam importantes, eles não abordam a gestão de forma holística e com base nos resultados do cuidado. “Portanto, a chegada da ISO 7101 representa mais um passo fundamental para a saúde sustentável, que irá conferir ainda mais credibilidade às empresas atuantes no país”, avalia Mara.

Para apresentar a norma ao mercado, a CEO do IQG realizará a palestra “A importância da Norma ISO 7101:2023 para o cenário brasileiro”, no “Lançamento da Comissão Especial de Estudos da ABNT para Tradução da Norma ISO 7101:2023 de Sistemas de Gestão de Qualidade em Instituições do Setor de Saúde”, no MetroSaúde – Simpósio de Metrologia na Área de Saúde. O evento acontece nos dias 16 e 17 de julho, no prédio do InRad, em São Paulo, com participação de especialistas, gestores e líderes da saúde.

Existem diversas certificações e acreditações relacionadas à ISO 7101, com foco em sistemas de gestão de qualidade, dispositivos médicos, laboratórios clínicos, gestão hospitalar e outras. “A chegada da norma é o primeiro passo. Agora, os executivos do setor precisam se conscientizar da importância dela e se organizarem para a sua implementação. São diversos ganhos para todos os envolvidos. Com a norma, a gestão da saúde se torna mais segura e sustentável”, afirma a CEO do IQG.

Próximo Post

Healthcare Management – Edição 92

Healthcare - Edição 92

Healthcare - Edição 92

COLUNISTAS